Hannover – qualidade de vida

Autofreier Sonntag / Car Free Sunday

A vitalidade urbana e uma forte consciencialização andam de mãos dadas na capital da Baixa Saxónia.

Muita natureza na cidade

A vitalidade urbana e uma forte consciencialização andam de mãos dadas na capital da Baixa Saxónia. De facto, Hannover é a cidade mais verde da Alemanha – quase metade da área da cidade é composta por espaços verdes. Em 2011 foi até nomeada a “capital federal da biodiversidade”. Esta distinção é o resultado de inúmeros programas de acção sob o lema “Mais Natureza na Cidade”. Ao todo existem mais 8.000 árvores nas ruas da cidade, que há 20 anos atrás. Só a floresta urbana
de Eilenriede perfaz 642 h de “pulmão verde”, quase o dobro do tamanho do Central Park em Nova Iorque. Mas a floresta urbana não é o único biótopo e área recreativa nas imediações da cidade. O Maschsee é um paraíso para os amantes do desporto aquático, jogging, patinagem e caminhadas. E no centro da cidade existem outros espaços verdes como o Operndreieck ou o Stadtpark, um património ajardinado único. Muitos habitantes de Hannover optaram por criar o seu próprio paraíso verde, construindo pequenos jardins privados. Na capital regional existem mais de 20.000 lotes de terreno em 270 colónias.

Precursora na protecção climática

Em 2008, a cidade de Hannover realizou um programa de protecção climática único a nível nacional: o “Klima-Allianz Hannover 2020”, que estabelece a redução de 40% das emissões de CO2 geradas pelo consumo de electricidade e aquecimento até 2020, comparativamente aos valores de 1990. Um exemplo deste objectivo é o “zero:e park”, o maior aglomerado humano com zero emissões da Europa. No bairro de Wettbergen surgem assim cerca de 300 moradias em banda, unifamiliares e geminadas, construídas segundo o conceito de casa passiva, que consomem cerca de 80% menos energia que a estipulada por lei para as novas construções. O “Hannover-Kinder-Bauland-Bonus”, um subsídio destinado a famílias com crianças para habitação própria em ambiente urbano, comprova a compatibilidade da preservação dos recursos naturais com a promoção de soluções de habitação economicamente acessíveis. Em 1998 foi criado o fundo de promoção “enercity-Förderfond proKlima”, que envolve anualmente fundos até um valor de 5 milhões de euros, destinado à protecção climática em domicílios privados, empresas e instalações públicas. Os conceitos de mobilidade de Hannover também visam economias energéticas sustentáveis e o melhoramento da qualidade do ar. Os meios de transporte sobre carris e os autocarros urbanos da üstra Hannoversche Verkehrsbetriebe AG foram os primeiros de uma empresa de transportes alemã a cumprir os requisitos do regulamento EMAS. Uma oferta exemplar é a “HannoverMobilCard”, que associa o passe de transportes públicos locais a serviços de mobilidade como o Carsharing, a BahnCard ou serviços de utilização de bicicletas. E, anualmente, os cidadãos de
Hannover demonstram no “domingo sem carros” que a protecção climática pode ser divertida. Cerca de 100.000 visitantes convergem para a cidade e inúmeras instituições fornecem informações sobre a mobilidade moderna e a protecção climática.

Ultima atualização: 11/03/2019